sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Tópicos de Ensinamentos CCB 2014



CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL
79ª  ASSEMBLEIA ANUAL DE ENSINAMENTOS  – 2014 –

RESUMO DE ENSINAMENTOS

LER DIANTE DA IRMANDADE SOMENTE OS TÓPICOS ASSINALADOS (*).

1. - Casamento:

O Casamento que a Congregação Cristã no Brasil aceita é, exclusivamente, aquele realizado entre um homem e uma mulher, de acordo com a Palavra de Deus, perante o juiz de casamentos. Na palavra de Deus esta escrito que deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá a uma mulher e serão os dois uma só carne.

2. - Instrumentos não aceitos em nossas orquestras:

Como os irmãos sabem, continuamos não aceitando em nossas orquestras os acordeões e instrumentos como sax-baixo, contrabaixo, sax-superbaixo, baixo-tuba, contrabaixo de cordas que se toca em pé, flautim, requinta ou qualquer outro instrumento modificado em sua concepção original. Saxofones mais graves que o sax-barítono também não são aceitos. Aconselhamos aos caros irmãos que se enquadrem nesse ensinamento, principalmente considerando-se que esse tópico refere-se á Reunião Anual de Ensinamentos de 2010. Os que já estão na orquestra permanecem, mas, aconselhamos que troquem de instrumentos, por um que seja aceito na orquestra.

3. - Festa do " Dia das Bruxas " ( Halloween):

O ministério aconselha a irmandade e também a seus filhos a não participarem desses festejos, visto que, nessas festas, as pessoas trajam fantasias que fazem lembrar a feitiçaria, a qual é condenada pela Palavra de Deus

4. - Tatuagens e "Piercings":

Não é conveniente que nossos irmãos façam em seus corpos marcas, figuras e outras coisas. Assim também a colocação de "piercings", demonstrando desconhecimento da Palavra de Deus. Porem, aos recem-batizados e que já vierem tatuados, nada devemos impor; aguardemos que o Senhor faça a obra em cada coração.

5. - Véus - Novidades:

Em muitas localidades estão surgindo véus diferentes do que as irmãs sempre usam: são véus com rendas enormes, véus especiais para organistas, véus enfeitados com pedras, pérolas e miçangas e até véus de cores diferentes que não são totalmente brancos. Em algumas localidades há véus com figuras de pássaros e outros desenhos. lembramos as nossas irmãs que véus não são objetos de adorno pessoal, mais sim, uma obediência a Palavra de Deus.Portanto, devemos permanecer na simplicidade que sempre tivemos, desde o principio da Obra de Deus.

6. - Cartas Anônimas e mensagens eletrônicas: 

Cartas Anônimas e mensagens através de meios eletrônicos não identificados, não merecem nossa atenção. Todas as comunicações devem ter procedência, assinatura, endereço e numero de telefones de quem as enviam. Ás que são anônimas não se dá valor e devem ser inutilizadas. Não se deve perder tempo em lê-las.

7. - Camisetas com dizeres em outros idiomas - Figuras Malignas:

É comum no mundo o uso de camisetas, agasalhos e outras roupas com palavras ou frases em outros idiomas que, em geral, são dizeres impróprios para o uso de nossos irmãos e de nossas crianças. Dizemos também com respeito a figuras tais como caveiras e outros personagens cujas as inspirações tem sua origem nos feitos do inimigo. Recomendamos, portanto, á nossa irmandade, que evitem o uso dessas roupas, em muitos casos, fazem menção ao adversário de nossas almas.

8. - Casamentos - onde deve ser feita a oração: 

Os Servos primitivos sempre fizeram a oração no lugar onde os noivos se casavam e os convidados se reuniam para comemorar. E assim deve continuar, Se o casamento for celebrado em um cartório, ora-se depois em outro local onde os noivos e convidados se dirigem para celebrar. Orientamos a irmandade a se guardar da vaidade e das apresentações das modas inconvenientes do mundo atual, quanto aos trajes e ao porte. As irmãs devem levar seus Véus. Ora-se Ajoelhados.

9. - Barbas e Cavanhaques: 

Aconselhamos nossos Irmãos, inclusive seus filhos, que não é conveniente aos nossos princípios o uso de barba crescida e nem cavanhaque, como também os cabelos penteados de forma exótica. Quanto aos recem-chamados na graça, aguardemos que o Senhor faça a obra.

10. - Facilidade e costume de comprar:

O consumismo é uma pratica danosa na vida das pessoas, pois quem adquirem esse costume diante das facilidades de aquisição de bens e as ofertas de credito que hoje existem, pode sofrer um transtorno incontrolável, levando a pessoa a grandes sofrimentos. Temos observado que muitas pessoas, através de cartões de credito e limites de credito em bancos, têm se endividado, levando-as ao desespero. Em se tratando de casais, em muitos casos tem havido sérios problemas conjugais e familiares. Há casos em que familiares e parentes de aposentados, valendo-se do credito oferecido, fazem empréstimos em organizações financeiras em nome do aposentado, deixando-o em situações difíceis. Exortamos a cara irmandade a usar de prudência com respeito ás dividas que se fazem acima da sua capacidade, maiormente em se tratando de cartões de crédito, pois os juros sobre faturas vencidas são altíssimas.

11. - Contribuição á previdência: 

Os irmãos que trabalham por conta própria executando serviços diversos devem, de acordo com a lei, contribuir para o INSS, pois é uma garantia para a família em caso de eventual ocorrência como doença ou falecimento. Está havendo muitos casos em que o irmão trabalha nessas condições, não se cadastra, não paga a contribuição á previdência social e, vindo a ficar idoso doente ou falecer, deixa a família totalmente desamparada.

12. - Roupas novas e seminovas / Cestas básicas: 

Está ocorrendo em diversos lugares onde irmãos do ministério e mesmo sem ministério, lotam caminhões com cestas básicas roupas em grande parte sem condições de uso, móveis usados, maquinas em geral, geladeiras, fogões, sendo que alguns destes em péssimas condições; também pedem auxilio monetário á irmandade para suas despesas de viagens. Considerando os ensinamentos, quem sentir de fazer algum atendimento em determinada localidade, deve consultar o ministério de Diáconos de sua região, para orientação.

13. - Testemunhos nos cultos:
Nota-se que há muitos testemunhos que não edificam, pois há irmãos e irmãs que se levantam e contam aquilo que não traz proveito á igreja; alguns contam os benefícios que fizeram, onde foram e até contam coisas fantásticas e dizem: " Toda a gloria Deus, mas vou contar uma obra que é para quem crer, e relatam testemunhos de terceiro, de origem duvidosa, demonstrando com isso uma exaltação humana e pessoal, é necessário lembrar o que a Palavra de Deus diz: " Louve-te o estranho e não a ta boca, o estrangeiro e não os teus lábios ( Provérbios 27:2). Alguns, gritam a toda força de sua voz, provocando mal-estar a quem ouve e manifestações exageradas na irmandade dizendo " quem crê, da gloria, quem não crê, deixa pra mim que eu creio". Exortamos á cara irmandade que este procedimento não é conveniente, pois a liberdade para os testemunhos é para glorificar a Deus pelas Obras operadas em nosso favor e deixamos que quem foi por Deus beneficiados, somente ele deve agradecer. Outrossim, a liberdade para os testemunhos não deve tomar o tempo para pregação da Palavra.

14. - Sociedades secretas:

Somos alertados a ter muito cuidado com determinadas sociedades secretas que estão visando angariar membros no meio do povo de Deus; até servos de Deus são visados. POR ESSA RAZÃO, QUEM INGRESSAR NESSAS SOCIEDADES, SEJA DO MINISTÉRIO OU NÃO, SERÁ DESLIGADO DA COMUNHÃO DA IGREJA

15. - Comunicações via internet:

Os servos de Deus do ministério, preocupados com nossa mocidade e irmandade, recomendam muita cautela com a comunicação via internet, pois somos conhecedores de inúmeros casos de degradação espiritual e até moral, dissolução de casamento e problemas familiares proporcionados pela mau uso desse meio de comunicação. Nossas próprias autoridades têm alertado para que os pais vigiem sobre seus filhos, a fim de que não se tornem presas de pessoas mal intencionadas, que levam os jovens aos vícios e ao desencaminhamento de sua conduta familiar e pessoal. Outrossim, pessoas que se intitulam nossos irmãos estão colocando na internet assuntos referentes á Congregação Cristã no Brasil e á irmandade, informamos que não são verdadeiras e nem se devem a elas dar créditos.

16. - Cartões de visita:

É do conhecimento do Ministério que, em muitos lugares, irmãos que possuem cargos e ministério na Obra de Deus, continuam fazendo cartões de visita, contendo seu nome, o nome da Congregação Cristã no Brasil, local onde atende, cargo que ocupa, dias e horários de cultos e ensaios e ainda , convidam as pessoas através desse cartões para visitarem suas Congregações. Lembramos que esse procedimento não é conveniente e pedimos que não se façam cartões de visitas envolvendo o nome da Congregação Cristã no Brasil. Congregar em outras localidades, participar de ensaios, faz-se quando sentem desejo para tal. Não devemos romper a santa tradição que nos foi ensinada desde o principio desta obra.

17. - Ordem no Serviço Divino de funeral e orações em velórios:

Para uniformidade de procedimento, passemos a observar a seguinte ordem nos serviços divinos: Abre-se o Serviço divino; canta-se um hino; Ora-se; exorta-se a palavra; Ora-se em agradecimento; canta-se um hino; encerra-se o serviço. O serviço divino deve durar de 30 a 40 minutos e os hinos devem ser cantados em voz baixa. Em obediência aos princípios sanitários , devemos orar em pé nos serviços divinos de funerais feitos em velórios de hospitais, cemitérios e outros, embora não seja doutrina, pois o local pode estar contaminado. Em outras ocasiões, oramos ajoelhados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário